Monthly Archives: junho 2017

Meu gato precisa sair sozinho para ser feliz?

Oi,

Passei aqui hoje pra falar sobre algo que eu acho muito importante. Sei que muitos discordam de mim a respeito disso e primeiramente eu gostaria de dizer que eu sei que ninguém quer o mal pro próprio bichinho e que todo mundo faz com as melhores das intenções o que julga ser melhor para ele.

Existe esse mito de que os gatos precisam ser livres para sair quando quiserem sozinhos. Eu discordo totalmente. A maioria das pessoas vai dizer que “o gato volta”. Sim, ele volta. Até não voltar mais. Todos os dias eu vejo casos de gatos desaparecidos que não voltaram pra casa e também de gatos que voltaram mutilados ou foram encontrados machucados em condições horríveis ou mortos. Existem vários perigos na rua. Eles podem encontrar cachorros bravos, podem contrair doenças, podem ser roubados, podem entrar em uma briga, podem ser atropelados, envenenados ou espancados por gente que não gosta muito de gatos. Sim, eles são independentes, curiosos, adoram explorar ambientes externos e novas aventuras. Muita gente fala que o gato fica infeliz quando não sai. Mas é seu gato que fica infeliz ou é você que não dedica um tempo para brincar com ele todos os dias e deixar coisas pela casa para instigar a imaginação dele? O seu gato não precisa sair na rua sozinho para ser feliz, sua obrigação é transformar sua casa num ambiente que faça ele se sentir entretido, feliz e confortável longe dos perigos da rua. E os gatos ficam mais do que satisfeitos com as descobertas que fazem dentro de casa. Não é só adotar o bichinho e deixar ele jogado ali. Desse jeito ele vai ser infeliz mesmo. Eu brinco umas 2 vezes por dia no mínimo com meu gato e ele fica exausto e já é o suficiente pra ele por exemplo. Quando eu quero levar ele pra passear na rua eu vou junto e ele usa uma coleirinha de peito. O ideal é ter as janelas e muros telados, mesmo se você morar em casa. Não é nem muito caro “gatificar” a sua casa. Eles ficam felizes com coisas muito simples. Você mesmo pode criar brinquedos, prateleiras e casinhas para eles. E se você tiver condições e ele aceitar, você pode adotar um irmãozinho pra ele. Vejo muita gente falar “mas meu gato é macho e é difícil manter ele dentro de casa porque não é castrado”. Primeiro, por que diabos ele ainda não é castrado? Hoje em dia existem várias ONGs e projetos de castração para te ajudar com isso. E outra, deixando seu gato macho sair por aí sem ser castrado vai aumentar ainda mais a quantidade de gatinhos abandonados por excesso de reprodução. Serve para as fêmeas também. Outra coisa que já ouvi muito “peguei meu gato da rua e ele está acostumado e não consegue ficar dentro de casa ou ele sempre saiu como vai se acostumar agora?”. De novo: você precisa transformar a sua casa num ambiente tão atraente para ele quanto a rua. Esse é o segredo. “Mas gatos que ficam dentro de casa são obesos”, ele não será obeso se tiver uma alimentação balanceada e adequada e uma rotina de exercícios diários (brincadeiras e etc). “Meu gato fica seguro porque só anda por uma área próxima de casa”, muita coisa ruim pode acontecer mesmo dentro de uma área próxima a sua casa. Então se você quer mesmo deixar seu gato passear na rua, treine ele com a coleira e leve ele pra passear.

Mais uma vez eu reforço: se seu gato está infeliz não é porque ele sai de casa ou não. Existem várias razões pra isso, essa não é uma delas. Ele pode passar muito tempo sozinho, sua caixa de areia pode não estar limpa o suficiente, ele pode não ter brinquedos para se distrair ou sua cama pode estar em um lugar que ele não gosta muito. Sua alimentação pode não estar sendo adequada e sua água pode não estar fresca e limpa. Ele pode não estar recebendo a atenção que gostaria. Ele pode estar doente ou com alguma dor. É importante sempre manter as vacinas em dia e levar sempre ao veterinário para um acompanhamento. Se todas as necessidades básicas dele estiverem perfeitamente cobertas, ele não vai ser infeliz. Ele vai ser o gato mais feliz do mundo. Mesmo dentro de casa. Pensar que a felicidade do gato depende das saídas dele para a rua é um pouco de preguiça na minha opinião. Esse mito está enraizado e é longe de ser verdade. A expectativa de vida de um gato que vive nas ruas é em média 4 anos e a de um gato que vive em casa é 20. Pra mim é uma matemática bem simples. Quem ama cuida.

 

Um beijo meu e do Castiel.